COMPARTILHAR
LIVReS
GOG: UMA LOJA DE JOGOS PARA CHAMAR DE SEUS
 

A explosão da distribuição digital atingiu a todos os produtores de conteúdo, mas nenhuma área foi tão impactada quanto a dos vídeo games. Eles foram os primeiros a abraçar a ideia, como normalmente são com todas as  tendências, e os que mais a aproveitaram.

De consoles dedicados a computadores, lojas online surgiram e sumiram ao longo dos últimos anos. Algumas delas, como a toda poderosa Steam da Valve, são referência tanto quanto à tecnologia que empregam quanto nos modelos de negócios que desenvolvem.

E como não podia deixar de ser, várias dessas lojas, criadas com o suportes de gigantes da indústria, têm pouco respeito por questões como privacidade e direitos dos compradores. Em nome da proteção de direitos autorais e do fornecimento de funções de necessidade questionável em jogos, iniciativas como DRMs, contas de acesso obrigatórias, necessidade de conexão permanente à Internet se tornaram corriqueiras para gamers em todo o mundo.

E, mais uma vez como não podia deixar de ser, há aqueles que criam formas alternativas, mais alinhadas com os direitos dos compradores. Nesse espírito, a GOG (antigamente chamada Good Old Games*), é uma fonte que vem ao longo dos anos se dedicando a distribuir games sem DRMs ou quaisquer outras “funcionalidades” que levantem questões sobre quem é mesmo o dono de um jogo comprado.  Além do site, www.gog.com, foi anunciada recentemente também uma espécie de “software cliente” parecido, em forma, com os concorrentes maiores (Steam, UPlay, etc). Em forma apenas: trata-se de um cliente opcional que poderá adicionar funcionalidades como redes sociais e partidas multiplayer aos jogos vendidos na GOG, ainda mantendo respeito aos princípios que trouxeram a loja até aqui. O anúncio da GOG Galaxy, nome da nova iniciativa, está neste vídeo:

*Em tempo: a mudança do nome de Good Old Games para GOG não foi apenas uma simplificação. Ela marca uma mudança de caminho: antes o site era dedicado apenas a trazer games antigos “de volta à vida”, mas agora mesmo jogos mais atuais podem ser encontrados por lá.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *